***

Todos os textos inspirados na temática cigana,e nos espíritos ciganos...
Todos os textos de minha autoria.
~*~Por Adriana Rodrigues!~*~


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

A bailar...

"E assim baila minha alma cigana... 
Com os ventos que sopram do mar, com a firmeza dos pés que pisam na terra , na rocha . 
Assim segue minha alma... 
Com os encantos das labaredas que dançam ritmadas nas fogueiras e a magia das sete cores que despontam no céu após as tempestades de verão! 
Sigo sempre avante, voltando se preciso for, mas nunca desistindo de seguir.
É de poeira da estrada que escrevo minha estória. 
É de flores que vou cobrindo cada caminho... 
É da essência das Rosas que retiro o mais alegre de mim, o melhor e mais bonito."

(AdriRodrigues- La Niña de las rosas gitanas  -3/11/14)
"Se sentindo tranquila com a vida, pq Deus é justo e perfeito em tudo que faz"


"El camino del Rosa"... . " La Rosa del fuego" 
"Las rosas gitanas"
Gracias rosas de minha vida!
Gracias Iago, Pablo e Wladimir! 
Gracias Carmencita, Sulamita, Carmen, Madalena, Esmeralda.
Gracias Wladimira!
Gracias Natasha, Mercedes, Jasmine.
Gracias Carmelita
Gracias cigano Rodrigo, Madeleine e Ingrid
Gracias Sara e Sarita
Gracias Zoraide, Zaira e Samira
Gracias a todos os shinorris. 
Gracias todos ciganos de luz !




16 comentários:

  1. Cheguei aqui procurando infos sobre a cigana Samira. Vc sabe se ela e Zaíra são da mesma falange? Pois senti energias bem distintas. Zaíra é suave, lua, tranquilidade.
    Samira é fogo,força, purificação. Bom, isso foi o que senti...

    beijos e bençãos pra ti....Santa Sara te abençoe! Lindo teu espaço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheci uma Zaira e conheci uma cigana Samira...
      Ambas muito calmas...
      Samira muito doce, meiga, serena...
      Destes nomes parecidos, temos também a cigana Samara; essa sim, muito quente, intensa.
      Samira e Zaira são parecidas na origem, que é mais árabe que espanhola...
      Sinceramente não sei lhe dizer se há parentesco entre elas, como se sabe que há entre a cigana Zoraide e a Zaina, que são irmãs.
      Grande abraço!Paz , luz e sorte.
      Santa Sara te abençoe.
      Shalon!
      Namastê.

      Excluir
  2. Obrigada por responder, Adriana!
    Realmente essa coisa da identidade dos espíritos é complexa. Zaíra que trabalhou comigo era espanhola, tocava castanholas e dançava flamenco, apesar do nome árabe.
    Já fazem uns 3 anos que não trabalho mais com a linha de ciganos, (o lugar que atendíamos fechou) sinto falta demais.Dói...
    Estava arrumando meu altar de Santa Sara e senti a presença de Samira...Por isso te perguntei, achei que podia ter alguma ligação.
    Vc é de SP? conhece algum lugar que tenha a linha espiritual de ciganos?
    se souber, me escreva, patricia.alianca@gmail.com
    Te agradeço,
    bjs e muita paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou do RJ! Infelizmente não conheço nenhum local em SP.
      Grata por sua presença. Que as ciganas lhe mostrem as respostas para suas dúvidas.
      Confie na sua espiritualidade.
      Esteja na paz de Deus e na luz do Universo.
      Bjs
      Namastê

      Excluir
    2. Sou do RJ! Infelizmente não conheço nenhum local em SP.
      Grata por sua presença. Que as ciganas lhe mostrem as respostas para suas dúvidas.
      Confie na sua espiritualidade.
      Esteja na paz de Deus e na luz do Universo.
      Bjs
      Namastê

      Excluir
    3. Sou do RJ! Infelizmente não conheço nenhum local em SP.
      Grata por sua presença. Que as ciganas lhe mostrem as respostas para suas dúvidas.
      Confie na sua espiritualidade.
      Esteja na paz de Deus e na luz do Universo.
      Bjs
      Namastê

      Excluir
  3. Adriana sua poesia é inspiradora, você possui uma forma doce e intensa de se desenhar em suas escritas Adoreeeeeeeei parabéns, sempre gostei dos costumes ciganos sei lá era e é algo que sempre me atraiu entrei aqui para enxergar os costumes de uma forma poética pois adorooo, a alguns anos descobri que sou bisneta de uma cigana de uma personalidade forte e marcante mas que foi roubada em meados 1870 de Portugal e levada p a cidade de Nova Friburgo, pelo seu grande amor... enfim meu pai não deixava nos aproximar da história da minha família, não entendo mtooo bem porque mas meus tios eram ciganos por natureza um lia a sorte na mão conseguia ver o futuro de uma forma tão clara que conseguia até saber se a pessoa ia passar num concurso, o outro lia as cartas e tbm era intenso nas respostas, mas ambos por respeitar meu pai nunca nos falaram de nossas origens e como morávamos longe (São Paulo) fui mesmo saber de alguns detalhes qdo uma tia que pensava igual ao meu pai estava prestes a morrer e me deixou seu grimório cigano como herança, me lembro bem de suas palavras "Filha esse é o maior tesouro que nossa família possui, ele é seu por direito" ele tinha receitas escritas pelos meus antepassados... Na epoca não entendi mtooo bem só depois de algum tempo fui entender que nada acontece por acaso e que minha alma é de Cigana por isso o Grimório veio as minhas mãos... Uma boa noite e mais uma vez parabéns pelo lindooo e envolvente Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que estória linda!
      Anne, grata por compartilhar comigo a sua estória.
      Que seus ancestrais ciganos sempre lhe protejam.
      Muitos ciganos e descendentes de ciganos , escondiam suas estórias pra proteger as famílias, pois sempre foram perseguidos em todo o mundo e em todos os tempos.
      Os que chegaram ao Brasil, esconderam a identidade e se infiltraram principalmente entre os fiéis católicos e seys dons místicos ficavam trancados a sete chaves dentro de suas casas, fechado na família. O livro que vc herdou, é um tesouro. Faça bom uso dele e guarde os segredos a vc confiados.
      Eu sou cigana de alma. Meu sangue cigano não sei onde foi escondido. Minha ancestralidade existe, mas permanece escondida no tempo.
      Obrigada pela visita! Se quiser, me procure no facebook. Grande abraço. Paz e luz.

      Excluir
    2. Que estória linda!
      Anne, grata por compartilhar comigo a sua estória.
      Que seus ancestrais ciganos sempre lhe protejam.
      Muitos ciganos e descendentes de ciganos , escondiam suas estórias pra proteger as famílias, pois sempre foram perseguidos em todo o mundo e em todos os tempos.
      Os que chegaram ao Brasil, esconderam a identidade e se infiltraram principalmente entre os fiéis católicos e seys dons místicos ficavam trancados a sete chaves dentro de suas casas, fechado na família. O livro que vc herdou, é um tesouro. Faça bom uso dele e guarde os segredos a vc confiados.
      Eu sou cigana de alma. Meu sangue cigano não sei onde foi escondido. Minha ancestralidade existe, mas permanece escondida no tempo.
      Obrigada pela visita! Se quiser, me procure no facebook. Grande abraço. Paz e luz.

      Excluir
  4. Adriana, parabéns seu blog é lindo. Participo de uma dança portuguesa, a Majestade de Lisboa, e este ano estaremos com o tema "É assim baila a minha alma cigana." Estaremos homenageando a alegria desse povo tão humilde e de bom coração. Mais uma vez parabéns. 😍
    Essa é a nossa fanpage no facebook- https://m.facebook.com/dpmajestadedelisboaoficial/

    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! Muito sucesso em sua apresentação e espero ver vídeos da dança, terei prazer em compartilhar!
    Com certeza irei curtir a fan page no FB, com meu perfil de lá "Adriana Torres"
    Obrigada pelo carinhoso comentário!

    ResponderExcluir
  6. Fitas coloridas - Ciganos Jeremias/Salú "Um cigano dançava com sete fitas coloridas presa em seu punho na festa de Santa Sara na Espanha. Em cada dança nova que fazia, sua imagem feliz reluzia no seu movimento de luz e ao longe uma menina migrada da África de pés no chão e maltrapilha, a tudo assistia. Viu então o Cigano Jeremias ir a cada música desenrolando do punho uma fita e ir dando a cada pessoa triste que ao receber abria um grande sorriso de agradecimento, deu a vermelha, a amarela, a azul, a branca a rosa, verde e sobrou a preta em seu punho. Ao parar defronte da jovenzinha a ofertou a preta. Ela então lhe perguntou: Mas com tantas fitas de felicidade que você distribuiu, você me ofertou logo a preta da tristeza? Jeremias com um sorriso, terno e movimentos de proteção que só Santa Sara soube ensinar aos povos ciganos respondeu após amarrar a fita preta em seu punho e pegar-lhe no colo. A fita preta é uma das mais importante para o povo cigano, é nela que todas as outras cores de fitas se esconde quando param de dançar para a felicidade trazendo para ela toda a alegria libertada por quem a usou, por quem minha magia curou e de tão importante que a fita preta é, ela só pode ser dada aquele que sonha com liberdade da igualdade, ao espírito que tem a alma triste de tanto amar sua liberdade como Salú, meu outro irmão que carrega também a fita preta e todo o amor dos tristes para sorrirem. E eu reservei ela a você linda jovem, para saber que somos todos iguais, que nossa almas coloridas são libertas e quem a usa recebe a missão de levar a luz aos excluídos. E assim se você quiser ficar com ela, quando morrer, Santa Sara, estenderá seu manto azul, para que não perca o até Deus. Você quer a fita preta, jovenzinha? - Sim eu quero. Muito bem então, disse Jeremias, vamos achar que estão de alma negra nesta festa e libertá-los para a alegria que sonham...CIGANO JEREMIAS SALU...... ARLINDO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo texto! Rico de sabedoria e aprendizado!
      Gratidão por compartilhar aqui!
      Salve o cigano Jeremias e o cigano Salú!

      Excluir
    2. Sobre a cor preta, sim, os espíritos ciganos usam a cor preta, ao contrário do q se diz.

      Excluir
    3. Sobre a cor preta, sim, os espíritos ciganos usam a cor preta, ao contrário do q se diz.

      Excluir
    4. Que lindo texto! Rico de sabedoria e aprendizado!
      Gratidão por compartilhar aqui!
      Salve o cigano Jeremias e o cigano Salú!

      Excluir

Obrigada por sua visita e participação!!! Namastê!!!